A cerâmica de cozinha africana de Monte Molião (Lagos, Portugal) e o seu enquadramento regional

  • Ana Margarida Arruda Universidade de Lisboa
  • Álvaro Pereira Universidade de Lisboa

Palabras clave:

Cerâmica romana, Monte Molião, cerâmica de cozinha africana, Algarve.

Resumen

O conjunto de cerâmica de cozinha africana de Monte Molião é composto por 2005 fragmentos classificáveis, apesar de apenas 1767 serem passíveis de tipificação (de acordo com as propostas de Tortorella, Hayes e Bonifay). As peças foram analisadas de acordo com a sua posição estratigráfica, o que permitiu retirar informação sobre a sua cronologia absoluta e integração nas diferentes fases de ocupação romana do sítio. O circuito da cerâmica de cozinha africana no sul de Portugal foi proposto com base nos dados do sítio de Lagos, mas também em outros provenientes de distintos locais algarvios, tendo-se concluído que aqueles em que esta cerâmica se tinha registado eram litorais ou facilmente acessíveis por rio.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Altmetrics

Citas

Publicado
2017-06-16
Cómo citar
Margarida Arruda, A., & Pereira, Álvaro. (2017). A cerâmica de cozinha africana de Monte Molião (Lagos, Portugal) e o seu enquadramento regional. Onoba. Revista De Arqueología Y Antigüedad, (5). https://doi.org/10.33776/onoba.v0i5.3121
Sección
Artículos